“Voz Ativa” representa a Enfermagem quinta-feira, 12 de abril de 2018 - ASSECOM - Assessoria de Comunicação


Os diretórios acadêmicos são organizações estudantis que promovem a participação,a integração e, acima de tudo, são considerados uma forma de ligação entre alunos e coordenação dos seus cursos em comunidade acadêmica. Na Universidade Franciscana, os diretórios têm participação ativa na promoção, organização e divulgação de eventos.

Entre os diretórios acadêmicos existentes na UFN, o do curso de Enfermagem é um dos mais novos. Com apenas um ano de criação, o diretório “Voz Ativa” se fortalece e cresce a cada dia. 

Segundo a Presidente do D.A., Fernanda Copetti Müller, a formação se deu a convite da coordenação do curso aos alunos individualmente, confiança esta que representa motivação para o grupo, que pensa em construir uma base sólida para garantir que o Diretório se mantenha futuramente.

“É a primeira chapa, estamos em fase de crescimento e adaptação, formando o estatuto. Começamos do zero, mas se a coordenação confiou na gente para criar o diretório, eles sabem que podemos realizar um grande trabalho, incentivando mais alunos a participarem e terem voz ativa no curso”, ressalta Fernanda. 

O nome veio a partir da ideia de que o curso de Enfermagem é composto por estudantes pouco engajados, quietos, e essa foi a forma criada pelo diretório atual para chamar atenção, interagir com alunos e serem mais “ativos” dentro do ambiente acadêmico do curso. 

Atualmente com seis membros, o Diretório funciona promovendo eventos da própria Enfermagem, realizando também o acolhimento dos calouros e ajuda os alunos quando eles têm alguma demanda de trabalho para apresentar em congresso, atuando na intermediação com a coordenação do curso para tornar viável a apresentação. 


“Queremos que os alunos deem continuidade ao que a gente criou, e que com o passar do tempo os acadêmicos do curso tenham um maior envolvimento e intimidade, se acostumem com o Diretório, pois querendo ou não, o DA foi um desejo muito grande dentro da Enfermagem, e agora ele é realidade”, afirma a Vice-Presidente do Voz Ativa,Francine Casarin. 

Como alunos,os participantes enfatizam que a motivação veio da própria Enfermagem, que educa para formação de líderes proativos, os quais se observam em comunidade para melhoria do curso e dos processos de aprendizagem. Este novo perfil se transforma em um momento único, no qual se agrega positivamente ao currículo, ena vida pessoal como experiência própria de cada participante do D.A. 

“Nós acabamos sendo porta-vozes dos alunos, e tentamos fazer sempre o melhor para eles, não só por eles, mas por nós mesmos, porque a instituição é nossa também, é onde estudamos, é onde vivemos e hoje em dia, em questão global, não devemos apenas fazer para os outros, mas por todos nós”, salienta Francine. 

A maior dificuldade encontrada pela chapa eleita é a sucessão. O mandato termina no final do ano, e por mais que eles realizem melhorias, promovendo a participação dos alunos, ainda há poucos acadêmicos dispostos a atuarem em prol dos estudantes.

O D.A segue em sua estruturação e o aluno que tiver interesse em contribuir, dar alguma sugestão ao diretório, bem como encontrar ajuda em qualquer questão referente a coordenação do curso, é só entrar em contato pela página do próprio Diretório.

Fernando Cezar – acadêmico jornalismo 
Foto: Mark Braunstein 


divulgar@unifra.br | 3220 1200 - Ramal 1296
Acesse - Comunicação